Elementos

domingo, 26 de dezembro de 2010

Apresentação do Hino do Grupo em 2008!

video

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Jantar de Natal do Grupo de Forcados Amadores de Beja – 2010.
No passado Sábado, dia onze, realizou o GFAB o tradicional Jantar Convívio, alusivo ao período festivo que se atravessa e bem assim o fim da temporada taurina de 2010.
Presente a grande maioria dos elementos que compõem o grupo actualmente tal como “algumas velhas jaquetas” que no passado pisaram muitas das arenas de Portugal e não só, levando o nome de Beja a outras paragens. Presença simpática e carinhosa, várias vezes aplaudida, a madrinha, Exma. Sra. D. Maria de Fátima Brito Paes que em breves palavras da sua alocução, se referiu aos forcados como sendo sempre os seus meninos. Não deixaram de marcar presença neste agradável convívio, representantes de algumas ganadarias da nossa região, com destaque para António Lampreia, Brito Paes e Varela Crujo. Uma agradável moldura humana, composta por inúmeros amigos do Grupo e onde não faltou aquele calor que a presença feminina tão bem empresta, já que, muitas eram as namoradas e amigas dos forcados que quiseram estar presentes.
Sem grandes discursos, alguns amigos e acompanhantes do grupo tiveram oportunidade de tecer palavras de circunstância, inerentes quer, às prestações do grupo na época finda, quer ao futuro e obviamente com as saudações natalícias.
Como é hábito nestes eventos, para alem do convívio que lhe está associado, é sempre ocasião para louvar e distinguir aqueles que de entre os seus pares mais se destacaram: Assim sendo e aplaudidos unanimemente, Luís Eugénio (Leiria), Guilherme Santos, Rodrigo Chaves, Rui Saturnino e Álvaro Sampaio foram os galardoados do ano.
O forcado Luís Eugénio, que todos conhecemos pelo Leiria, foi distinguido com o prémio Entrega, tal a sua dedicação e forma de estar que sempre evidenciou, irradiando confiança e boa disposição em todas situações.
Tudo na vida tem um princípio: É na juventude que está o futuro como sói dizer-se, pelo que é de inteira justiça premia-la, já que isso é um verdadeiro incentivo para os dias de amanhã. O prémio Juventude foi entregue ao jovem forcado Guilherme Santos, justamente pelo distinguido no ano passado, o forcado Miguel Sampaio: Fazemos votos para que as promessas exibidas ao longo de 2010, rapidamente se concretizem, tornando-se realidades de valor.
O forcado Rodrigo Chaves foi ao longo de 2010 de prestações extraordinárias, sempre com uma humildade e confiança dignas de todo o registo: O prémio revelação, para este forcado, é absolutamente justo, pensando nós que o mesmo irá dar ao grupo excelentes ajudas em futuras actuações.
Amizade, palavra bonita e mais bonita ainda se praticada diariamente e sempre: E isso constata-se na vida de Rui Saturnino; para ele a amizade não é palavra vã, é o lema de vida, o qual, partilha com todos quantos dele se abeirem. A amizade é um dos ícones mais sagrados da forcadagem e como tal é justo realçar a mesma: O prémio atribuído ao forcado Rui Saturnino e entregue pelo Cabo Manuel Almodôvar, corporiza de forma evidente esse sentimento tão nobre.
No que se refere ao prémio forcado do ano, e sem pretendermos plagiar as palavras da esforçada e sempre presente amiga do grupo, Lena Cavaco Lança, reproduzimos aqui, algumas das suas referências, concordando inteiramente com as mesmas: É um mérito para qualquer forcado receber este prémio, que qualquer um gostaria de o alcançar, não sendo desprestígio para todos os outros mas sim um incentivo. Há sempre alguém que se destaca, os actos e os feitos mostram-nos melhor que umas meras palavras, a conjugação do bem-estar, da confiança e da vontade, o êxito das suas próprias acções, faz com que se reconheça que este ano, poucas dúvidas existissem quanto à sua nomeação. Há momentos na vida de um grupo em que a pessoa certa, no local certo, marca por mérito próprio a diferença, levando sempre a resultados positivos quer para si quer para todo o conjunto. O esforço físico evidenciado ao longo da temporada, a sua férrea vontade para que o seu grupo estivesse sempre entre os primeiros, a sua humildade, a sua convicção e o seu estado de espírito, fazem deste forcado um forcado de excelência, do qual o GFAB muito se orgulha e espera: Álvaro Sampaio, pelo que acima relatamos, foi o muito justo vencedor do troféu Forcado do Ano.
Parabéns não só aos homenageados, mas a todos, já que todos se podem e devem rever na essência dos prémios atribuídos, procurando trilhar na próxima época, igualmente de forma brilhante, com rigor valentia e humildade, aquele caminho que há tempo se iniciou.
Confessamo-nos satisfeitos e damos graças a Deus pelos bons e maus momentos que convosco passámos ao longo da temporada: Queremos continuar a acompanhar-vos e a sentir de perto as vossas emoções, os vossos medos e as vossas alegrias. Desejando a todos um Feliz e Santo Natal, despedimo-nos com o nosso habitual cumprimento: Sorte Moços…. Um abraço do Joaquim Estevens. 2010.12.14

domingo, 5 de dezembro de 2010